Saúde Tocantins

No Dia Nacional do Teste do Pezinho, SES-TO destaca a importância da realização do exame

Tocantins é um dos seis estados brasileiros que ampliaram o rastreamento para toxoplasmose congênita na triagem neonatal

06/06/2024 15h06
Por: Redação Fonte: Secom Tocantins
Teste do Pezinho é fundamental para detectar precocemente doenças graves tratáveis - Foto: Divulgação
Teste do Pezinho é fundamental para detectar precocemente doenças graves tratáveis - Foto: Divulgação

No dia 6 de junho é comemorado o Dia Nacional do Teste do Pezinho e a Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) conscientiza a população e os profissionais de saúde sobre a relevância do exame, que no Brasil, é fornecido gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS), em todas as suas unidades de saúde.

Em 2023, nasceram 22.733 crianças no Estado do Tocantins, desses 14.598 testes do pezinho, uma cobertura de 64,22% dos exames realizados foram feitos pelo Governo do Tocantins. “Hoje atendemos a maior parte dos municípios tocantinenses, os que não estão nesta cobertura são aqueles que têm contratação própria para a realização do exame. O Teste do Pezinho é fundamental para detectar precocemente doenças graves tratáveis e o Governo tem parceria para a realização do exame, com a Apae de Araguaína”, ressaltou o diretor de Prevenção e Identificação Precoce da Superintendente da Rede de Cuidados à Pessoa Com Deficiência (SRCPCD/SES-TO), Daniel Rezende.

O Teste do Pezinho é um exame obrigatório, que deve ser realizado em todos os recém-nascidos, preferencialmente entre o 2º ao 7º dia de vida, no Tocantins segue sendo um dos seis Estados que ampliaram o rastreamento para toxoplasmose congênita na triagem neonatal. O Programa Nacional de Triagem Neonatal prevê ainda em seu escopo seis doenças: fenilcetonúria, hipotireoidismo congênito, doença falciforme e outras hemoglobinopatias, fibrose cística, hiperplasia adrenal congênita e deficiência de biotinidase.

“É muito importante a realização do Teste do Pezinho, com a detecção precoce dessas doenças pelo teste do pezinho, pode-se iniciar um tratamento específico, que permite diminuir ou eliminar possíveis lesões irreversíveis e até mesmo evitar a morte”, afirmou a enfermeira da Área Técnica Responsável pela Triagem Neonatal da SRCPCD/SES-TO, Rafaela Sousa Silva.

Continua após a publicidade
Anúncio

Conscientização

No Dia Nacional do Teste do Pezinho, Hospital e Maternidade Dona Regina Siqueira Campos (HMDR), realizou um trabalho de conscientização entre as puérperas, com orientações sobre a realização e entrega de um mimo. “Desde o meu primeiro filho fui muito bem orientada em relação a realização desse exame tão importante, porque dá pra identificar doenças graves que se tratadas a criança pode ter uma vida normal, agradeço muito o atendimento que recebemos aqui, todos os profissionais estão de parabéns pela dedicação”, ressaltou Iolanda Costa Fregonesi,

Atendimento

Caso seja diagnosticado com alguma das doenças detectáveis no teste do pezinho, a criança é encaminhada, via sistema Sistema de Regulação (Sisreg), pela Unidade Básica de Saúde acompanhamento ambulatorial, no Hospital Geral de Palmas (HGP), exceto o diagnóstico em doença falciforme que seguem em tratamento pelos hemocentros de Palmas e Araguaína.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.